3 de ago de 2011

CONFIAMOS TANTO EM PET SHOP, E VEJAM QUE ACONTECEU...

Cachorro morre em pet shop na
 Zona Sul de São Paulo

Segundo proprietário, vira-lata se enforcou
 na coleira ao ser deixado só.

Funcionário afirma que animal passou mal
e vomitou e fala em 'acidente'.




Giginho morreu em um pet shop no Ipiranga

Um cachorro vira-lata de pequeno porte morreu em um pet shop no Ipiranga, Zona Sul de São Paulo, nesta segunda-feira (1º).
 Segundo o músico Jorge Anielo, de 38 anos, seu cachorro Giginho, de 2 anos, se enforcou com a própria coleira ao ser deixado sozinho por um funcionário.



“Minha mãe o levou para tomar banho. Depois que chegou em casa, recebeu a ligação de que ele estava morto”, afirmou. Segundo o músico, Giginho foi encontrado há seis meses abandonado na rua, durante uma chuva.
 “Meu pai o levou para casa para trazer paz à minha mãe, que tinha acabado de perder duas cachorrinhas.”



Um funcionário do pet shop Spa Animal que não quis se identificar confirmou a morte, mas disse que foi um "acidente". “Ele vomitou, passou mal. Morreu na própria coleira”, disse, por telefone.



Apesar de ainda ter três cães - Paco Jr., de 12 anos, Joca, de 10, e Nina, de 9, todos vira-latas -,
Anielo afirmou estar revoltado e triste com a morte do “caçula” canino. “Sempre tive cachorro e eles geralmente viveram bastante, até uns 12, 13 anos. Agora o Giginho acaba morrendo dessa forma, não está certo.”



O caso foi registrado no 26º DP, no Sacomã.
A delegada Arcilla Vega disse que o caso foi uma "fatalidade", que não foram verificados maus-tratos ou imprudência e que cabe ao dono do cão e ao proprietário do pet shop entrarem em um acordo.
Ela disse ter orientado o homem a entrar no Juizado Especial Cível caso não haja um acerto entre as partes e ele julgue que mereça ser indenizado.



Anielo disse que pretende processar o proprietário do estabelecimento. O G1 procurou pelo dono do pet shop, mas o funcionário que não quis se identificar desligou o telefone.



Colaborou Carlos Giffoni




2 comentários:

Rubi disse...

Bom mas nem todos os pet shop são assim... o que temos que fazer para não acontecer isso é conhecendo o estabelecimento... Tem pessoas que ficam esperando até o cachorrinho ficar pronto...
Outros confiam, mas foi um erro muito grande ter deixado o cachorro sozinho preso na guia em cima da mesa....
Não, não, não!

Kippy Marrie disse...

Sentimentos a família deste lindo bebezinho de pêlos.
O céu ganhou uma estrelinha nova, e os jardins da eternidade estarão mais floridos com a chegada dele.
É triste para quem fica ver uma coisinha tão doce como essa ir embora, e dessa maneira.
Temos q fazer alguma coisa para que nossos queridinhos não sejam mal tratados ou sejam tratados com indiferença.
Força a todos que perderam algum queridinho como esse. Eu, infelizmente já perdi tbm.
Mas... Hoje tenho a Kippy Marrie, minha nova bebê de pêlos, que tanto amo e tanto me ama. Por isso, temos um blog, onde contamos as novidades e tentamos deixar esse mundo muitas vezes nublado e sem cor, em um mundinho cor de rosa dos sonhos...
PAZ E AMOR AOS NOSSOS BEBÊS DE PÊLO! ELES MERECEM NOSSO RESPEITO!!!
Parabéns pelo blog, e se precisar de ajuda... É só nos falar.
Estamos juntos com vocês.
Estamos seguindo... Se der, entra no nosso blog, ok?
Eu sou a Lilly, a mãe da Kippy Marrie (dona e "escritora" do blog, a doguinha York).
Aus 1000 e ótimo final de semana...

Kippy Marrie e Lilly