26 de abr de 2011

RATOS...Uiiiii....




 UM PANE QUE PAROU O METRÔ POR HORAS EM 1975 E A CAUSA FOI OS MILHÕES DE RATOS QUE INFESTAM OS TÚNEIS SUBTARRÂNEOS COMERAM OS CABOS ELÉTRICOS QUE MANTINHAM O SISTEMA O MEIO DO TRANSPORTE RECÉM INAUGURADO.



METRÔ LIMPO

ATUALMENTE O METRÕ DE SÃO PAULO É CONSIDERADO UM DOS MAIS LIMPOS DO MUNDO E SÃO MORTOS NO MÁXIMO TRÊS RATOS POR MÊS EM SUAS INSTALAÇÕES.
UMA EQUIPE DE 33 HOMENS COMANDADOS PELO VETERNÁRIO ÂNGELO BOGGIO, 72 ANOS,
O DOUTOR RATÃO

COMO FICOU CONHECIDO, USA TRÊS TIPOS DE VENENO, EM SACHES, TROCADOS A CADA 60 DIAS,
FAZ DESINSETIZAÇÃO A CADA 90 DIAS E CONTROLE DE MOSQUITO DA DENGUE A CADA 20 DIAS.



CARRAPATOS E PIOLHOS
OS RATOS QUE HABITAVAM AS LINHAS DO METRÔ FAZIAM FILA DEBAIXO DO TRILHO ELETRIZADO COM 750 VOLTS DE CORRENTE CONTÍNUA PARA TEREM PELOS ERIÇADOS E SE LIVRAREM DOS CARRAPATOS E PIOLHOS QUE MORAVAM EM SEUS CORPOS.
SEGUNDO O DOUTOR RATÃO
"DAVA PARA VER AS FILAS DE RATOS,
A PERDER DE VISTA"
QUANDO O METRÔ TINHA SÓ 7 QUILÔMETROS.





SOBRE RATO
Os ratos passaram a viver nos centros urbanos, contaminando e destruindo tudo o que surge a sua frente.
Conhecido também como ratazana ou rato de esgoto, vive facilmente em qualquer ambiente, proliferando-se muito rápido pois uma fêmea reproduz até 10 vezes por ano e tem de 8 a 20 filhotes que estarão prontos para reprodução após 4 meses de nascidos.

São onívoros, alimentam-se de qualquer tipo de comida, incluindo membros de sua própria espécie mortos ou doentes.

Os ratos se movem ao escurecer e usam seus longos e sensitivos bigodes e pêlos do corpo para guiá-los. São extremamente habilidosos.
Os ratos podem entrar em seu ambiente por um orifício bem pequeno chegando ao tamanho aproximado de um quarto do seu tamanho. Guardam em memória um caminho percorrido e usam a mesma rota quase sempre.

Conseguem nadar por baixo da água durante 30 segundos.
Mergulham nos sifões de banheiros e podem nadar em água livre até por 800 metros de distância.

O problema de maior gravidade é que urinam na comida dos animais e pessoas e transmitem doenças, tais como: a peste bubônica, o tifo, a leptospirose entre outras doenças que afetam a saúde humana.



Um comentário:

Chicco disse...

Ola!! Mas que post interessante!
e informações da saber.
Woof, woof,

Chicco