11 de nov de 2011

DOENÇAS DE A a Z: CALICIVIROSE




CALICIVIROSE

DEFINIÇÃO:
INFECÇÃO RESPIRATÓRIA QUE SÓ ACOMETE OS FELINOS,

PROVOCANDO SECREÇÕES ORONASAIS E ÚLCERAS ORAIS.




CONTÁGIO:
ESPIRRO E TOSSE SÃO AS PRINCIPAIS RESPONSÁVEIS PELA TRANSMISSÃO DA DOENÇA.
MAS UM FELINO TAMBÉM PODE PEGAR A CALICIVIROSE POR VIA NASAL PELO CONTATO DIRETO COM OUTROS GATOS.







O QUE ACONTECE:
SE ATACA O PULMÃO, O CALICIVÍRUS PROVOCA INFLAMAÇÃO, PNEUMONIA E ATÉ MORTE.
GATAS PRENHES TENDEM A ABORTAR.



PREVENÇÃO:
A  PREVENÇÃO DA CALICIVIROSE SE DÁ POR MEIO DE VACINA, QUE SE DEVE SER RENOVADA ANUALMENTE.


SINTOMAS:
OS SINAIS DA INFECÇÃO SÃO FEBRES, ESPIRROS, FALTA DE APETITE.
CORRIMENTO NASAL E OCULAR E ÚLCERAS NA BOCA E NAS NARINAS.


DIAGNÓSTICO:
A CONFIRMAÇÃO DO PROBLEMA OCORRE POR MEIO DE EXAME CLÍNICO E TESTES DE SANGUE.
NO CASO DE ACONTECIMENTO PULMONAR, O RAIO-X DE TÓRAX É INDICADA.



TRATAMENTO:
NÃO HÁ MEDICAMENTO ANTIVIRAL ESPECÍFICO PARA A CALCIVIROSE.
MAS OS ANTIBIÓTICOS DE AMPLO ESPECTRO AUXILIAM NO CONTROLE DAS INFECÇÕES
BACTERIANAS SECUNDÁRIAS E  NA PREVENÇÃO DAS SEQUELAS CRÔNICAS.
SE O GATO PARAR DE COMER, PRECISARÁ TAMBÉM DE UM ESTIMULANTE DE APETITE RECOMENDADO PELO VETERINÁRIO.
















Nenhum comentário: