6 de nov de 2011

DOENÇAS DE A a Z : ARTRITE

ARTRITE


DEFINIÇÃO:
INFLAMAÇÃO NA JUNTA, PONTO EM QUE UM OSSO SE ENCONTRA COM OUTRO.
EM GERAL, AS ARTICULAÇÕES MAIS ATINGIDAS SÃO AS DO JOELHOS, NAS PATAS TRASEIRAS, DOS COTOVELOS, NAS PATAS DIANTEIRAS,
DOS QUADRIS E DOS OMBROS.


 CAUSA:
NA MAIORIA DOS CASOS A ARTRITE É HEREDITÁRIA.
MAS ALGUNS FATORES PODEM LEVAR UM  ANIMAL SEM NENHUMA HERANÇA GENÉTICA A TER COMPLICAÇÕES ARTICULARES.
A OBESIDADE COSTUMA DETONAR O PROBLEMA, ASSIM COO O HÁBITO DE ESCALAR MÓVEIS  E ANDAR EM PISOS MUITO LISO.


O QUE ACONTECE:
O GRANDE RISCO É ARTRITE LEVAR À INCAPACIDADE DE LOCOMOÇÃO.






PREVENÇÃO:
NÃO DEIXE SEU BICHO VIRAR UMA BOLA DE TÃO GORDUCHO.
ISTO EVITE A SOBRECARGA DAS ARTICULAÇÕES.
CAPRICHE NA ESCOLHA DA RAÇÃO, CONTROLE OS PETISCOS E PASSEIE COM ELE, NO MÍNIMO MEIA HORA POR DIA.




SINTOMAS:
UM ANIMAL COM ARTRITE TENDE A MANCAR, ANDAR SALTITANDO OU NÃO APOIAR UMA DAS PATAS NO CHÃO.
GERALMENTE, EVITA CORRER, PASSEAR OU PULAR, CHORA QUANDO É PEGO NO COLO, FICA AGRESSIVO SEM MOTIVO E PODE SENTIR DIFICULDADE PARA URINAR.


DIAGNÓSTICO:
A DETECÇÃO DA DOENÇA É FEITA´POR MEIO DE TÉCNICAS RADIOGRÁFICAS, ESPECIALIZADAS, ULTRASOM ARTICULAR OU TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA.


TRATAMENTO:
ANTI-INFLAMATÓRIOS, PROTETORES ARTICULARES, ANALSÉGICOS, ACUPUNTURA E FISIOTERAPIA SAÕ ALGUMAS DAS ALTERNATIVAS PARA REDUZIR A DOR E A INFLAMAÇÃO.
CASOS MAIS GRAVES PODEM NECESSITAR DE CIRURGIA.





Nenhum comentário: