24 de out de 2011

NOTÍCIA ATERRORIZANTE !!!!!


Um cachorro foi enterrado vivo, em um buraco de 1,5 m de profundidade, e resgatado por uma equipe de proteção aos animais.
 Segundo testemunhas, o animal foi enterrado por dois guardas do local de uma escola, na Cidade do Cabo, na África do Sul.



Os homens foram presos e acusados de crueldade contra animais.
 Depois do resgate, o cachorro foi batizado de Warrior (guerreiro, em inglês) e examinado por veterinários.
Os especialistas descobriram que o cão tinha uma deficiência. Mas não se sabe se foi consequência do “castigo”.
Segundo o jornal “Daily Mail”, a polícia local afirmou que, quando o resgate chegou,
Warrior estava sufocando com a areia.



Testemunhas revelaram que um supervisor da escola havia pedido para que os guardas se livrassem do animal, porque os latidos dele estavam atrapalhando as aulas.
 “Os homens inicialmente alegaram que o cachorro estava morto, mas durante o interrogatório acabaram admitindo que o animal ainda estava vivo quando foi enterrado”,
contou Christina Pretorius , chefe da equipe de proteção aos animais.







Warrior estava enterrado





O  cachorro conseguiu sobreviver





Warrior foi  examinado depois do resgaste




A equipe cavou um buraco para retirar o Warrior



Extra On Line

3 comentários:

lilasesazuis disse...

Meu Deus...enterrem vivos esses dois infelizes, que não são humanos!!! Ah, e junto aquele outro idiota que deu as ordens!!!Quanta judiação!! bjm

eva disse...

Que horros, como as pessoas podem ser crueis. Espero que ele se recupere e encontre um lar.
Beijos

Nós, Os Cachorros!!! disse...

Paty,

é inacreditável isso!!!!
Ainda não consigo entender como alguém pode fazer isso!!!
Como!?!?!?!?!
Esses seres tem coração?!?!
Graças à Deus testemunhas conseguiram avisar a polícia e o pequeno esta vivo!!!
Tomara que enterrem esse diretor vivo para que aprenda algo...
Que depois desenterrem... claro...