20 de abr de 2011

CLIQUE ANIMAL




Clique animal


Nem toda armadilha faz mal para os bichos.
A armadilha fotográfica, por exemplo, é uma câmera especial usada pelos cientistas para fazer imagens de animais na natureza de modo automático, sem precisar de pessoa para tirar fotos ou gravar vídeos.



A máquina fica dentro de uma caixa de metal camuflada, pintada com cores da vegetação para que não seja notada, e tem sensores eletrônicos que detectam movimento e calor.
Quando o bicho passa pela frente do equipamento, o flash e a câmera disparam.



Essa é uma maneira importante de estudar as espécies e entender como vivem sem precisar capturá-las ou mudar a rotina delas.
 É um jeito de observar como os animais realmente se comportam no habitat natural.
Grande parte dos bichos jamais chegaria tão perto de uma câmera que fosse manipulada pelo homem.



A armadilha fotográfica ainda ajuda a comprovar quais espécies vivem em determinada área.
 Em alguns casos, os cientistas fazem imagens do mesmo local durante vários anos.
Assim, conseguem acompanhar o desenvolvimento
de filhotes até a fase adulta.



O equipamento não é colocado em qualquer lugar. Precisa ser área usada pelos animais com frequência, como estradas naturais para andar pela mata.
 Em geral, mais de uma máquina registra a mesma região.



São presas num tronco de árvore com cabo de aço e cadeado para que não sejam roubadas.
A instalação também depende das espécies que se deseja estudar; se são pequenas, as câmeras ficam mais próximas do chão, caso sejam as grandes,
ficam no alto.







Tem mais



 As imagens feitas pelas armadilhas fotográficas não precisam ser bonitas, como as que a
 gente tira em festas.
Às vezes, apenas parte do bicho aparece ou
a foto sai borrada.
 As câmeras especiais já ajudaram a comprovar que algumas espécies não tinham desaparecido de determinadas áreas, como se pensava.
 Em 2008, o ocapi (parente da girafa) foi fotografado na floresta da República Democrática do Congo, África. Fazia 50 anos que o bicho não era clicado lá.



 O Instituto Smithsonian
- instituição educacional norte-americana -
desenvolveu site para compartilhar mais de 200 mil imagens de animais feitas por armadilhas fotográficas em diversas partes do mundo.
Apesar de a página ser em inglês vale a pena dar uma olhadinha para ver espécies flagradas em diferentes países, como girafas no Quênia e onça-pintada no Peru.
 O endereço é: http://siwild.si.edu/


Fonte: Dgabc



















4 comentários:

Elaine disse...

Oi Paty, obrigada pela visita em meu blog. Vou desativa-lo em breve, mas tenho outro com bastante conteúdo sobre animais.

Achei seu blog LINDO! Parabéns e sucesso.

Elaine Figueira
wwwlarencantado.blogspot.com

Efi (la gata naturalista) disse...

Hola! quién tuviera una de esas cámaras para ponerla en el jardín!
Saludos a tus aus y a ti Paty!
Feliz Pascua Lucky!!

Barbara disse...

Oi linda passei aqui rapidinho para te desejar uma feliz páscoa adiantada!

Beijinhos...

Elaine disse...

Querida, seu blog é lindo. Amo quando ele carrega e essas patinhas caem como chuva.

Lindo, lindo. E o post do clic animal também é 10!

Elaine