6 de mar de 2010

COMPRAR NÃO, ADOTAR SIM!!

Veja o que o que acontece com os bichos que

não são vendidos em pet shops

Ao contrário do que a maioria das pessoas pensa, eles não são sacrificados





Quem gosta de bichos não resiste a uma vitrine com animais fofos.


Em qualquer shopping, os pet shops chamam a atenção e as pessoas sempre param para dar uma olhadinha nos filhotes. Mas você já parou para pensar no que acontece com os filhotes que não são vendidos?








Eles não vão para a carrocinha e nem viram sabão, como muitos acreditam. Segundo Valdinei Rampazo, gerente de pet shop em São Paulo, quando o filhote encalha na vitrine, existem diversos destinos para ele.


- Se ocorre de um filhote não ser vendido, pode ser repassado para outros canis para reprodução ou aproveitado em nosso plantel. A última possibilidade é a doação.










Marilene Jardim, sócia de um pet shop, também em São Paulo, conta que os cães que ficam expostos em sua loja vêm de um canil próprio e a procura por adultos é quase nula. As raças mais procuradas no local são maltês, york shire, shi tzu, tekel, golden retriever e labrador. Marilene conta que o bulldog francês e o inglês, lulu da Pomerânia e o chihuahua são as raças mais caras no geral.


- O valor dos filhotes varia pela raça. O preço vai desde R$ 900 até R$ 6000. Os bichos mais velhos têm uma redução de 30% no preço caso não virem matrizes (aqueles que são usados para reprodução).

Ir direto aos canis é outra forma de comprar um filhote, já que alguns pet shops não gostam da ideia de expor os animais nas vitrines. Filhotes não vacinados estão facilmente suscetíveis a contrair doenças.


Carla Storino, veterinária e analista de marketing de uma grande rede de lojas de produtos para animais alerta para alguns quesitos antes de comprar um pet.


- Para adquirir um animal, o proprietário deve consultar bons canis que sejam credenciados em especial ao Kennel Club e aos clubes de animais.

A veterinária diz que se o bicho for adquirido em um pet shop, deve ser observado o estado geral de higiene do animal e do local onde ele se encontra no momento da compra.
Os olhos e os pêlos devem ser brilhantes, não pode existir a presença de ectoparasitas, e a vermifugação deve estar em dia, já com o programa vacinal iniciado.





Fonte: R7









Nenhum comentário: