5 de out de 2009

Violência de cães

Pesquisando e como as pessoas são agredidas!!
Já são mais de 400 mil anualmente por animais domesticos no Brasil e a maioria crianças e por um cão conhecido. Então vai lá as dicas se você ficar diante dessa fera:


Peça permissão para se aproximar de um cão e seu dono.





Não entre em quintal desconhecido.




 Nunca deixe crianças sozinhas com um cão.




 Não faça movimentos bruscos ou rápidos perto de um animal.




 Não toque nele, deixe que se aproxime.






Não curve seu corpo para tocar no animal.



 Não olhe nos olhos de um animal agressivo.




 Não provoque um cachorro, nem mesmo o seu.









Tem três fatores: comportamento, genética e anatomia. O animal pode ser violento por causa da criação que leva em casa, pelo comportamento que desenvolveu. Outro fator é o genético, de ele vir de uma família de cães violentos. Por último, o animal pode ter um problema anatômico que é o caso do globo ocular encurtado. Precisamos ter os três fatores para considerar o animal agressivo






Um comentário:

cris disse...

Pelo pouco que conheço de cães, eles são adaptáveis isto é: Você pode transformá-los de acordo como são tratados. Se você tratá-lo como "assasino" ele morderá qualquer pessoa e/ou cão que se aproxime dele
mas se você tratá-lo com respeito cuidando da parte física e psicológica ele será um cão confiável.